O republicano de 70 anos previa no entanto uma eleição "manipulada" a favor dos democratas. Tanto assim é que conseguiu enganar as sondagens.

Impopular até mesmo no seu partido, conseguiu ganhar mesmo perante vários escândalos, causados pelos seus desvios fiscais, pelas acusações de agressão sexual ou comentários provocadores sobre as mulheres, os muçulmanos e os mexicanos.

Antes de almejar a Casa Branca, este empresário era sobretudo conhecido pelas torres, hotéis de luxo e casinos com o seu nome.

Sem experiência política, foi até 2015 co-proprietário dos concursos Miss USA e Miss Universo, assim como animador vedeta do reality show televisivo "The Apprentice".

Conflituoso, anti-conformista, ele denunciou durante a campanha a classe política corrompida e apostou forte na questão da segurança interna, prometendo devolver à América a sua grandeza, com propostas radicais, nomeadamente nas questões económicas e da imigração. Quer renegociar os acordos comerciais internacionais, suprimir a lei Obamacare sobre o seguro de saúde, e ainda anular os decretos presidenciais, assinados por Barack Obama.

Trump quer também construir um muro na fronteira com o México, para travar a imigração ilegal. Face ao terrorismo, ele prometeu proibir a entrada nos Estados Unidos de imigrantes de países de risco, depois de ter dito que iria recusar todos os muçulmanos.

O aquecimento climático é para ele uma grande "mentira", pelo que quer anular o acordo mundial sobre o clima estabelecido em 2015 e retirar as restrições na produção de energias fósseis.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.