Depois de três semanas temperadas e ensolaradas, uma situação anómala neste húmido e sombrio país do centro da Europa, o meteorologista do Instituto Real Meteorológico de Bélgica (IRB), David Dehenauw, indicou que o ponto de Uccle, na região de Bruxelas, onde se medem oficialmente as temperaturas na Bélgica, bateu o seu recorde absoluto.

Ao meio-dia de hoje, o termómetro já marcava 15,7ºC, o que constituiu o valor mais elevado em fevereiro desde há 55 anos, depois de em 1964 os termómetros terem marcado 15,4ºC no mesmo mês.

Mas, durante a tarde, o recorde histórico de temperatura registado em um dia de fevereiro, que era de 18,7ºC anotados em 1961, foi mesmo superado, com os 18,8ºC a não terem equivalente desde o início dos registos, em 1901.

A temperatura recorde de hoje foi conhecida depois de a Bélgica ter registado em 2018 o verão mais quente desde que começaram os registos em 1833, com um valor médio de 19,8 ºC, em junho, julho e agosto.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.