Os pais  do bebé são congoleses e foram resgatados por um navio da Marinha irlandesa que patrulhava a região e transferidos para o navio "Bettica" da Marinha italiana quando a mãe começou a sentir as contrações.

A pequena Joy Aurora nasceu pouco depois das 5 horas da madrugada na unidade médica da embarcação, que conta com um médico, uma parteira e duas enfermeiras, e que já viu o nascimento neste verão de dois outros bebés, François Manuel, a 27 de junho, e Manuela, a 5 de julho, informaram os meios de comunicação italianos.

O momento foi de alegria a bordo do"Bettica", mas a mesma sorte não teve o "Entreprise", da Marinha britânica, que participa da operação naval europeia contra o tráfico de pessoas e que resgatou quatro barcos de migrantes na sexta-feira. O navio britânico encontrou um corpo no mar. Segundo a guarda-costeira, este corpo é um mistério e não estaria relacionado com as operações de resgate.

O "Bettica" levará a menina e os seus pais a Augusta, no leste da Sicília, e o "Entreprise" chegará a Pozzalo, no sul da ilha. Durante este sábado, foram efetuadas outras operações de resgate em frente à costa da Líbia, onde pelo menos 300 pessoas foram resgatadas, segundo a Marinha italiana.

Segundo o balanço mais recente do Alto Comissariado da ONU para os Refugiados (ACNUR), estabelecido a partir das últimas operações de resgate, mais de 89 mil migrantes chegaram à costa italiana ao longo deste ano, um total já quase comparado aos 93 mil registrados entre janeiro e julho de 2015. 

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.