Este projeto aumenta para 281 MW a capacidade instalada da empresa nesta região, sendo que conta com 34 turbinas eólicas, cada uma com 2 MW de potência.

A EDPR adiantou ainda que estes 68 MW podem abastecer cerca de 70 mil habitações por ano.

“Com este novo investimento, a capacidade instalada pela EDP Renováveis na região da Galiza passa a representar mais de 10% do total da operação em Espanha. No total, a empresa já tem instalados 2.312 MW no país”, salientou o grupo.

O parque eólico de Muxia, quando estiver a funcionar em pleno, permitirá “evitar cerca de 4 milhões de toneladas de emissões de CO2” (dióxido de carbono) ao longo dos 30 anos de concessão, garantiu a EDPR.

Na quinta-feira, a EDP Renováveis anunciou ter fechado um contrato de venda de energia eólica durante 15 anos na Polónia, no parque eólico de Korsze, que tem uma capacidade de 38 MW, projeto que estará operacional previsivelmente em 2020.

No passado dia 14 de novembro, a empresa anunciou a venda de uma participação acionista representativa de 13,4% do capital social do projeto Moray Offshore Windfarm no Reino Unido por 54 milhões de libras (62 milhões de euros).

Em setembro, a EDPR fez um contrato de longo prazo para produção e venda de energia solar no Brasil, o primeiro naquele país da América do Sul, informou em comunicado ao mercado.

O contrato, localizado no estado brasileiro de São Paulo, tem uma capacidade total de 199 MW e a duração de 15 anos. Entrará em vigor em 2022.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.