Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), “a EDP Serviço Universal, S.A. (“EDP SU”), comercializador de último recurso do sistema elétrico português, detido a 100% pelo Grupo EDP, acordou a venda de 76 milhões de euros do défice tarifário de 2016, relativo a sobrecustos com a produção em regime especial”.

O défice tarifário de 2016 resultou do diferimento por cinco anos da recuperação do sobrecusto de 2016 relacionado com a aquisição de energia aos produtores em regime especial, isto é, por um preço superior ao praticado no mercado, que é suportado pelos consumidores finais, na fatura da eletricidade.

Já na terça-feira, a EDP tinha divulgado o acordo para a venda de 100 milhões de euros do défice tarifário de 2016.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.