Os advogados do True The Vote (O Voto Verdadeiro) informaram que retiraram os casos apresentados em tribunais da Geórgia, Michigan, Wisconsin e Pensilvânia, menos de uma semana após terem apresentado as queixas. Jim Bopp Jr., um advogado do grupo, escusou-se a referir o motivo da decisão, mas confirmou que não existem outros casos pendentes por parte deste grupo.

Este anúncio volta a reduzir as opções legais do Presidente Donald Trump e a sua insistência em considerar que foi derrotado numas eleições que diz ter vencido devido a fraudes eleitorais.

Com sede no Houston, no Texas, o grupo True The Vote inclui-se entre os diversos grupos conservadores que contestaram a vitória do candidato democrata Joe Biden, designado Presidente-eleito pela generalidade dos media norte-americanos.

Diversos processos judiciais apresentados pela campanha de Trump e outros grupos foram rejeitados por juízes, retirados voluntariamente ou resolvidos. Alguns outros ainda estão pendentes.

Trump garantiu pelo menos duas vitórias em tribunal, no estado da Pensilvânia, relacionados com o escrutínio dos votos por correspondência. Neste estado, as projeções fornecem a Biden uma vantagem de 67.000 votos face a Trump.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.