A candidata a vice-presidente da mesa da Assembleia da República proposta pelo PS, Edite Estrela, foi eleita com 177 votos a favor, o candidato do PSD, Fernando Negrão, obteve 165 votos favoráveis, o candidato do BE, José Miguel Pureza, 172 votos, e o candidato do PCP, António Filipe, 170.

Os resultados destas votações, em que participaram 229 dos 230 membros do parlamento, foram anunciados aos jornalistas pelos deputados Duarte Pacheco, do PSD, e Sofia Araújo, do PS, na Sala dos Passos Perdidos. Os votos em branco variaram entre 48 e 60 e os nulos entre três e quatro.

Duarte Pacheco voltou a ser eleito secretário da mesa, com 181 votos favoráveis, assim como Maria da Luz Rosinha, do PS, também com 181 votos, Nelson Peralta, do BE, com 157, e Ana Mesquita, do PCP, com 160 votos.

Foram ainda eleitos vice-secretários Sofia Araújo e Diogo Leão, do PS, e Lina Lopes e Helga Correia, do PSD.

Quanto ao conselho de administração da Assembleia da República, foram eleitos membros efetivos, numa lista conjunta que obteve 209 votos a favor, 14 votos em branco e seis votos nulos, Eurídice Pereira, do PS, José Silvano, do PSD, Isabel Pires, do BE, Duarte Alves, do PCP, André Silva, do PAN, e Mariana Silva, do PEV.

O conselho de administração é constituído por um máximo de sete deputados, em representação dos sete maiores grupos parlamentares, pelo secretário-geral da Assembleia da República e por um representante dos funcionários parlamentares, sendo presidido pelo deputado representante do maior grupo parlamentar.

A mesa da Assembleia da República é composta pelo presidente, por quatro vice-presidentes, quatro secretários e quatro vice-secretários, que são eleitos por maioria absoluta.

Numa votação realizada anteriormente, durante a tarde de hoje, já tinha sido eleito presidente da Assembleia da República, pela segunda vez, o deputado do PS Eduardo Ferro Rodrigues, com uma maioria de 178 votos a favor em 230.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.