Contactada pela agência Lusa, fonte oficial da Comissão Europeia indica que, “com base nas informações recebidas, os vice-presidentes Margrethe Vestager e Valdis Dombrovskis, assim como a comissária Elisa Ferreira, são consideradas pessoas de contacto” próximo.

Em causa está a visita de uma delegação da Comissão Europeia a Lisboa na sexta-feira no âmbito da presidência portuguesa da União Europeia.

Por serem então contactos próximos, estes três membros do colégio de comissários “respeitarão as regras belgas de isolamento a partir de hoje”, o que implica também a realização de um teste ao sétimo dia e quarentena pelo menos até então, precisa a mesma fonte.

A fonte oficial da Comissão Europeia adianta que “nem a presidente [do executivo comunitário, Ursula von der Leyen], nem os outros membros da delegação do colégio preenchem os critérios para serem considerados pessoas de contacto” próximo.

“As autoridades portuguesas informaram-nos que o ministro das Finanças João Leão testou positivo para a covid-19 após o final da visita do colégio [a Lisboa]. A Presidente von der Leyen e o colégio desejam-lhe uma rápida recuperação”, conclui a mesma fonte, na resposta à Lusa.

O ministro de Estado e das Finanças, João Leão, testou positivo à covid-19, informou hoje o Ministério das Finanças.

O governante português "está em confinamento domiciliário, não tendo até ao momento apresentado quaisquer sintomas, e encontrando-se a trabalhar", indicou a tutela em comunicado.

Na sexta-feira, João Leão participou nas reuniões de trabalho com a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, e o colégio de comissários que se deslocou a Lisboa.

Antes, na quinta-feira, o Governo confirmou que a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho, tinha testado positivo à covid-19, estando em isolamento profilático desde segunda-feira.

Os ministros do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, e do Mar, Ricardo Serrão Santos, também entraram em isolamento profilático na segunda-feira, por determinação das autoridades de saúde, tendo entretanto recebido testes negativos.

João Leão e Ana Mendes Godinho não são os primeiros membros do Governo com covid-19: em outubro, o ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, testou positivo.

Em novembro, foi a vez do ministro Nelson de Souza, titular da pasta do Planeamento, que recebeu um teste positivo depois de o secretário de Estado do Planeamento, Ricardo Pinheiro, ter sido diagnosticado com covid-19.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.