O alerta da existência do explosivo foi dado durante a tarde, tendo sido inativado cerca das 20:05 por uma equipa de mergulhadores da Marinha.

O engenho em causa é um 'Marine Marker' "utilizado em ambiente marinho para sinalização de posições ou áreas de interesse e requer precauções no manuseamento, uma vez que pode ser extremamente perigoso por conter na sua composição fósforo branco que na presença de oxigénio deflagra, podendo causar queimaduras graves se em contacto com a pele", referiu a mesma fonte.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.