Na primeira fase do Concurso Nacional de Acesso ficaram colocados quase 51 mil estudantes, sendo que quase 12 mil não conseguiram colocação, podendo agora concorrer à 2.ª fase do concurso, que começa na segunda-feira.

Os quase 51 mil alunos representam um aumento 15% em relação ao ano passado e a DGES estima que no final de todo o processo, se inscrevam no ano letivo que está a iniciar-se cerca de 95 mil novos estudantes no ensino superior público e privado.

Os números da DGES, hoje divulgados, apontam para cerca de 73 mil estudantes nos cursos de licenciatura e mestrados integrados e mais de 9,5 mil estudantes em formações curtas de âmbito superior, ou seja, cursos técnicos superiores profissionais.

Veja aqui se entrou

Os resultados da primeira fase do Concurso Nacional de Acesso ao Ensino Superior estão disponíveis na Internet desde as 00:01 deste domingo no ‘site’ da Direção-Geral do Ensino Superior, podendo ainda ser consultados através da aplicação ES Acesso, disponível nas plataformas iOS e Android.

Estes valores são estimados pela DGES com base nos resultados da 1.ª fase do Concurso Nacional de Acesso (CNA) e nas estimativas das instituições de ensino superior.

Além dos estudantes colocados nas três fases do concurso nacional, são contabilizados também novos estudantes que venham a ser admitidos na Universidade Aberta, nas instituições de ensino superior militar e policial, assim como através dos concursos locais.

A DGES tem em conta ainda os alunos que consigam entrar através dos regimes especiais de acesso e dos concursos especiais desenhados para estudantes aprovados nas provas destinadas a maiores de 23 anos, a titulares de diploma de especialização tecnológica, estudantes que já tenham diploma de técnico superior profissional ou outros cursos superiores.

Também os alunos já licenciados que conseguem uma vaga num dos cursos de Medicina, assim como os estudantes internacionais são outros dos casos contabilizados.

Mais sobre o acesso ao ensino superior:

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.