Os serviços sanitários também notificaram mais 23 mortes atribuídas à pandemia desde terça-feira, passando o total de óbitos para 80.332.

A incidência acumulada (contágios) continua a sua trajetória descendente, passando de 113 (terça-feira) para 112 casos diagnosticados por cada 100.000 habitantes.

As comunidades autónomas com os níveis mais elevados são as de La Rioja (202), Andaluzia (188), País Basco (175), Navarra (138), Madrid (129) e Aragão (125).

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 418 pessoas com a doença (433 na terça-feira), das quais 100 na Andaluzia, 94 em Madrid e 75 na Catalunha.

Por outro lado, desceu para 3.704 o número de hospitalizados com covid-19 (3.880), o que corresponde a 3,0% das camas, dos quais 1.040 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos (1.088), 10,9% das camas desses serviços.

O Ministério da Saúde espanhol anunciou hoje que a equipa nacional de futebol será vacinada antes do início do Euro2021, como já aconteceu com os atletas que irão aos Jogos Olímpicos.

O exército espanhol será o responsável pela vacinação dos jogadores para que não sejam utilizados recursos do sistema nacional de saúde concentrados em vacinar a população do país.

A pandemia de provocou, pelo menos, 3.750.028 mortos no mundo, resultantes de mais de 173,9 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.