O cidadão, não identificado, levantou-se, aproximou-se da varanda do hemiciclo — algo que não é permitido — e dirigiu algumas palavras a António Costa.

De acordo com o Observador, a questão estava relacionada com a implementação do 5G e, segundo o cidadão, com os malefícios adjacentes a esta tecnologia.

A PSP encaminhou o homem para a porta das galerias, tendo este saído.

Este incidente aconteceu momentos antes de o primeiro-ministro responder à intervenção do PCP.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.