Barrett, uma católica de 48 anos, compareceu perante o Comité Judiciário do Senado para responder a perguntas dos legisladores, apresentar a sua visão jurídica em relação a questões polémicas, como o direito ao aborto e ao voto, bem como o futuro do programa de saúde Obamacare, criado pelo Presidente antecessor de Trump, Barack Obama (2009-2017), e contestado pelos republicanos.

A entrada de Amy Coney Barrett no Supremo Tribunal federal deverá ser assegurada devido à maioria republicana no Senado.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.