O país contabilizou mais de 22 mil novas infeções nas últimas 24 horas, de acordo com os números contabilizados pela universidade norte-americana, sediada em Baltimore (leste), até às 20:30 de quinta-feira (01:30 de hoje em Lisboa).

Os Estados Unidos contam mais de 1,7 milhões de casos confirmados, desde final de fevereiro, altura em que se registou a primeira morte no país.

Já no caso do Brasil, o país registou nas últimas 24 horas 1.156 mortos e 26.417 novos casos, sendo o terceiro dia consecutivo em que o país regista mais de mil óbitos.

Segundo o Ministério da Saúde, está ainda a ser investigada a eventual relação de 4.211 óbitos com a covid-19.

O país sul-americano totaliza agora 26.754 vítimas mortais e 438.238 casos confirmados desde o início da pandemia, registada oficialmente no país no final de fevereiro.

Na quinta-feira, o Brasil registou também o maior número diário de infetados de sempre pelo novo coronavírus (26.417).

De acordo com a tutela da Saúde, o país já registou a recuperação de 177.604 pacientes infetados e 233.880 continuam sob acompanhamento.

São Paulo continua a liderar a lista dos estados com o maior número de casos, concentrando 6.980 óbitos e 95.865 pessoas diagnosticadas com covid-19.

Segue-se o Rio de Janeiro, que conta oficialmente com 4.856 mortos e 44.886 casos confirmados.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.