Fotos publicadas nas redes sociais mostram dezenas destes golfinhos, alguns em grupos de quatro ou cinco, a poucos metros de uma praia.

Os golfinhos que morreram fazem parte de um grupo de 95 que ficaram presos na Costa do Golfo, fora da área do Parque Nacional de Everglades, indicou a reserva na sua conta na rede social Twitter.

Um dos mamíferos marinhos foi visto vivo e 13 estão desaparecidos, segundo o departamento de informação atmosférica e oceânica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês).

Estes golfinhos, com corpo semelhante ao das orcas, mas completamente negro, sem as manchas brancas características das orcas, podem ser encontrados em grandes grupos, de mais de uma centena de espécimes, em águas temperadas e quentes em todos os oceanos, sendo comuns nos Açores.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.