O Governo dos Estados Unidos sancionou hoje 22 mexicanos e 42 empresas pela sua relação com atividades dirigidas pelo narcotraficante Raúl Flores Hernández, incluindo o futebolista Rafa Márquez.

Márquez, ex-jogador do Barcelona, compete agora pela equipa mexicana do Atlas.

O Departamento das Finanças impôs sanções ao narcotraficante Flores Hernández, que dirige a sua própria organização criminal, e a outros 21 mexicanos que lhe estão vinculados, incluindo Márquez, acusado de “manter uma longa relação” com o delinquente e “ter gerido ativos” em seu benefício.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.