O telefonema de Pence acontece a poucos dias da tomada de posse de Joe Biden, na quarta-feira, e foi o primeiro contacto entre os candidatos que entram e os que saem da Casa Branca.

Uma pessoa familiarizada com a conversa entre Pence e Harris descreveu-a como “um bom telefonema”, em que o vice-Presidente cessante deu os parabéns à sua sucessora e ofereceu-lhe ajuda, mostrando-se disponível para cooperar na transição de poder.

Donald Trump apenas na sexta-feira reconheceu a vitória de Biden, sem nunca lhe ter dados os parabéns, e continua a dizer que foi vítima de “fraude eleitoral”, tendo anunciado que não estará presente na cerimónia de investidura.

Mike Pence, que se demarcou das críticas de Trump ao processo eleitoral, estará presente na tomada de posse de Biden, ao lado dos antigos presidentes Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton, num evento que não contará com a presença de público, por razões sanitárias e de segurança.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.