Segundo a página na Internet da secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, estão apurados os resultados de 100% das 3.092 freguesias e dos 100 consulados nas eleições de domingo para o para o Parlamento Europeu.

Na segunda-feira, e apesar de faltarem apurar então sete consulados - África do Sul (Joanesburgo), Austrália (Sidney), China (Macau), Hungria, Índia (Goa), Marrocos e Reino Unido (Londres) - a distribuição dos mandatos já tinha sido feita uma vez que se tratava de votos de mesas com menos de 100 eleitores.

Nos nove primeiros lugares da lista do PS, que obtém 33,38% dos votos, estão: Pedro Marques, Maria Manuel Leitão Marques, Pedro Silva Pereira, Margarida Marques, André Bradford, Sara Cerdas, Carlos Zorrinho, Isabel Santos e Manuel Pizarro.

De acordo com a secretaria-geral, o PSD, com 21,94% dos votos, elegeu seis mandatos: Paulo Rangel, Lídia Pereira, José Manuel Fernandes, Maria da Graça Carvalho, Álvaro Amaro e Cláudia Aguiar.

A terceira força política da noite foi o BE, elegendo para o Parlamento Europeu, com 9,82% dos votos já contabilizados, os deputados Marisa Matias e José Gusmão.

Em quarto lugar, atrás do BE, ficou a CDU, com 6,88% e dois eurodeputados eleitos: João Ferreira e Sandra Pereira.

O CDS-PP reelegeu Nuno Melo, com 6,19% dos votos, e o PAN, com 5,08%, leva pela primeira vez um deputado para o Parlamento Europeu: Francisco Guerreiro.

As restantes 11 forças políticas a eleição não conseguiram um resultado que lhes permitisse eleger um dos deputados que Portugal coloca no Parlamento Europeu.

Dos inscritos, apenas votaram 30,73% das pessoas, sendo os votos em branco 4,25% e nulos 2,68%.

Portugal elege 21 de 751 eurodeputados. Foram a escrutínio 17 forças políticas: PS, PSD, BE, CDU, CDS, PAN, Aliança, Livre, Basta, Nós, cidadãos!, Iniciativa Liberal, PCTP/MRPP, PNR, PDR, PURP, PTP e MAS.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.