Segundo disse à agência Lusa o bastonário Miguel Guimarães, o pedido de audiência vai ser formalizado pela Ordem nos próximos dias e o encontro com Marcelo Rebelo de Sousa servirá para apresentar a carta subscrita por seis bastonários sobre a despenalização da eutanásia.

Na declaração dos vários bastonários da Ordem, que foi divulgada logo em 2016, estes médicos opõem-se à despenalização eutanásia. Os profissionais que lideraram a Ordem dos Médicos manifestam-se igualmente contra o “suicídio farmacologicamente assistido.”

O parlamento vai discutir a 29 de maio quatro projetos de lei sobre a morte medicamente assistida ou a despenalização da eutanásia, projetos do PAN, Bloco de Esquerda, PS e Partido Ecologista Os Verdes.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.