“Após analisar bem o assunto, há razoáveis perspetivas para pensar que as acusações judiciárias contra Zuma vão ser concluídas”, disse o procurador-geral Shaun Abrahams numa conferência de imprensa, salientando que o ex-Presidente da África do Sul será julgado por fraude e corrupção.

“Submeter o caso a julgamento é a forma mais apropriada de abordar as acusações”, acrescentou Abrahams, que indicou que a decisão já foi comunicada ao próprio Zuma.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.