Com uma média em exames de 11,36 valores em 8.922 exames, Coimbra ficou apenas pouco mais de uma décima acima dos 11,25 valores registados pelo Porto em 38.993 exames, de acordo com a análise da Lusa aos dados dos resultados dos exames nacionais em 2018 divulgados pelo Ministério da Educação.

Em 2017, a média mais alta tinha sido de 11,24 valores, o que significa que, mesmo perdendo o primeiro lugar, o distrito do Porto melhorou a sua média em uma centésima.

Os distritos que conseguiram uma média superior a 11 valores foram Viseu, Viana do Castelo, Braga, Leiria, Lisboa e Santarém.

Apenas o distrito de Portalegre e as escolas portuguesas no estrangeiro, vistas como uma região, registaram uma média negativa.

Já as médias distritais para a classificação interna final (CIF) são todas positivas e rondam os 13 e 14 valores.

Do ponto de vista das disciplinas, a média distrital mais elevada foi conquistada por Beja, com o exame nacional de Espanhol, com uma média de 16,45 em quatro exames realizados.

A mais baixa ficou em Portalegre, com uma média de 3,75 valores em 23 exames de Geometria Descritiva A.

Apenas um distrito realizou mais de 10 mil exames numa única disciplina: Lisboa, com 12.019 provas a Português, com uma média de 10,95 valores.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.