O incidente ocorreu às 17h45 locais (10h45, em Lisboa) numa oficina da fábrica Henan Coal Gas Group na localidade de Yima, na cidade de Sanmenxia, 900 quilómetros a sudoeste de Pequim, segundo a agência Xinhua.

A explosão afetou uma unidade de refrigeração da fábrica, mas não as áreas dos tanques de gás, disse uma agência local, citando uma fonte das autoridades.

A emissora de televisão estatal CCTV transmitiu imagens de destroços, de pessoas em pânico e de médicos, que protegiam o nariz com lenços.

Acidentes industriais mortais são comuns na China, onde os regulamentos de segurança são muitas vezes mal aplicados.

Em novembro passado, uma rutura de gás numa fábrica de produtos químicos causou uma explosão que fez 23 mortos em Zhangjiaku. Esta cidade hospedará os Jogos Olímpicos de Inverno de 2022, localizada 200 quilómetros a noroeste de Pequim.

Em março deste ano, uma explosão numa fábrica de produtos químicos na província de Jiangsu, no leste do país, matou 78 pessoas e feriu centenas, destruindo janelas de prédios residenciais próximos.

Em 2015, a China sofreu um dos seus piores acidentes industriais, quando uma explosão numa fábrica de produtos químicos na cidade portuária de Tianjin, no norte do país, matou pelo menos 165 pessoas.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.