Imagens transmitidas pela imprensa local mostraram armas de fogo a ser apreendidas na mansão de Paul em Calabasas, perto de Los Angeles, após buscas que duraram várias horas e envolveram uma equipa de choque da polícia, a SWAT.

"Um mandato de busca foi executado na casa de Jake em Calabasas esta manhã, enquanto Jake estava fora do estado", declarou o advogado Richard Schonfeld em declaração à AFP.

Paul, que tem mais de 20 milhões de inscritos no YouTube e já explorou carreiras no cinema, na música e até no boxe profissional, foi recentemente apanhado a roubar num vídeo, assaltando lojas no Arizona durante um protesto antiracismo, em maio.

O influenciador foi acusado de invasão de propriedade privada e de participar em assembleias ilegais, mas declarou-se inocente. As acusações iniciais foram retiradas para permitir uma investigação penal federal.

Um porta-voz do FBI declarou na quarta-feira à AFP que os agentes investigam "as acusações de atos criminosos" no centro comercial de Arizona e que "executaram mandatos de busca federais na Califórnia e em Las Vegas, Nevada, relacionados com esta investigação".

O advogado de Paul afirmou estar a reunir informações, mas que colabora com a investigação.

Paul, de 22 anos, também se viu associado a polémicas devido a festas na mansão de Calabasas, uma comunidade exclusiva nos arredores de Los Angeles onde moram diversas celebridades.

No YouTube, Paul promete conteúdos "de comédia, atuação, desportos radicais e aventuras loucas". O seu irmão mais velho, Logan Paul, também é uma estrela do YouTube, plataforma na qual tem 22 milhões de inscritos.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.