“É com grande pena que a FIAC se vê obrigada a cancelar a sua edição de 2020, prevista para o Grand Palais”, disse a organização FIAC em comunicado, especificando que a próxima edição ocorrerá entre 21 e 24 de outubro de 2021.

O cancelamento diz respeito a todos os eventos previstos no âmbito desta feira, no Grand Palais, mas também noutros locais, como o Petit Palais, o Jardim das Tulherias, o Museu Nacional Eugène-Delacroix, a Praça Vendôme e a Placa da Concórdia, em Paris, acrescenta a organização.

A FIAC “compromete-se a reembolsar os expositores os 100% dos valores já pagos”, referiu ainda, adiantando que a 47ª edição, agendada para outubro de 2021, terá lugar no Grand Palais Ephémère, no Champ-de-Mars, devido a uma renovação planeada para o Grand Palais.

Em 2019, a FIAC reuniu 199 galerias de 28 países, registando quase 75.000 entradas em cinco dias.

Entre as regiões mais representadas estiveram a Europa, a América do Norte e o leste asiático.

A FIAC é a terceira maior feira de arte contemporânea, a seguir à Art Basel (Suíça) e à Frieze, em Londres.

A Art Basel (que normalmente acontece em junho) também foi cancelada este ano, assim como a Frieze London e a Frieze Masters (planeada para outubro).

A Art Paris, outra feira de arte contemporânea, inicialmente prevista para a primavera, foi adiada para este mês de setembro, tornando-se assim o primeiro encontro do mercado de arte a realizar-se na Europa nos últimos seis meses.

A pandemia de covid-19 já provocou pelo menos 924.968 mortos e mais de 29 milhões de casos de infeção em 196 países e territórios, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.