A deslocação de Eduardo Cabrita à capital cubana em representação do Estado português foi anunciada numa nota enviada às redações pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros.

A cerimónia de terça-feira, que vai decorrer na Praça da Revolução em Havana, insere-se num programa definido pelo Conselho de Estado cubano que prevê várias homenagens ao líder histórico.

Albano Nunes, membro do secretariado do Comité Central do Partido Comunista Português (PCP) e responsável pelas Relações Internacionais no partido, também estará presente nesta cerimónia, foi divulgado hoje pela força partidária.

Cuba decretou nove dias de luto nacional pelo óbito de Fidel Castro.

Através de um breve comunicado, o Conselho de Estado cubano decretou "nove dias de luto nacional", até ao dia 04 de dezembro, domingo”, acrescentando que "todas as atividades e espetáculos públicos" serão interrompidos.

As cerimónias fúnebres vão realizar-se em Santiago de Cuba, no sul do país, no dia 04 de dezembro.

Durante a semana vão realizar-se diversas homenagens em Cuba e uma procissão com as cinzas do ex-presidente cubano vai atravessar o país ao longo de quatro dias.

O histórico líder cubano, Fidel Castro, morreu na noite de sexta-feira, 25 de novembro, aos 90 anos.

Fidel Alejandro Castro Ruz nasceu a 13 de agosto de 1926, em Birán, uma pequena localidade do município cubano de Mayari, no seio de uma família de origens galegas.

Após um longo e conturbado período como opositor do regime de Fulgêncio Batista (um então aliado dos Estados Unidos), o guerrilheiro Fidel Castro, que frequentou Direito na Universidade de Havana, e o seu companheiro de luta Che Guevara chegavam a 01 de janeiro de 1959 a Havana e a Revolução Cubana fazia a sua entrada na História.

Fidel Castro assumiu o poder na ilha e tornou-se numa das figuras mais carismáticas, mas também das mais controversas, da História política do século XX.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.