Num comunicado, a que a Lusa teve acesso, a AT adianta que a droga estava acondicionada em barras na mala, sem qualquer mercadoria que a dissimulasse.

O produto apreendido foi entregue à Polícia Judiciária, entidade competente para a investigação criminal do tráfico e estupefacientes.

Ao longo as últimas semanas os serviços da Alfândega da AT efetuaram várias apreensões de cocaína nos aeroportos de Lisboa e do Porto, escondida em malas provenientes do Brasil.

A principal diferente face à operação agora divulgada está no facto de nas apreensões anteriores a droga estar dissimulada em fundos falsos das malas, o que desta vez não acontecia.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.