O porta-voz do Ministério de Desastres Naturais do Afeganistão, Omer Mohammadi, adiantou à agência de notícias espanhola Efe que as zonas mais afetadas pela queda de neve se localizam no norte e no centro do país, onde há registo de pelo menos 28 vítimas mortais nos últimos dois dias.

O responsável acrescentou que foram destruídas cerca de 30 casas, sem adiantar mais detalhes.

Já o chefe do departamento de desastres da Província de Badakhshan (nordeste do Afeganistão), Sayed Abdullah Hamayoun Dehqan, revelou em comunicado que 20 pessoas morreram nessa região devido às avalanches.

A queda de neve bloqueou a circulação nas estradas de 12 das 34 províncias do país, dificultando os trabalhos de resgate, assinalou a Autoridade de Gestão de Desastres do Afeganistão, citada pela cadeia de televisão Tolo.

No ano passado, naquela que foi uma das piores tempestades de neve dos últimos 30 anos no Afeganistão, morreram pelo menos 245 pessoas e 66 ficaram feridas.

O Afeganistão sofre com frequência desastres naturais que provocam numerosas perdas humanas, como os terramotos que tiraram a vida a 2.000 pessoas em maio de 2014 no noroeste do país.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.