“No decorrer da ação, foram identificadas nove mulheres, com idades entre os 24 e os 45 anos. Foram ainda identificados nove homens com idades entre os 22 e os 50 anos. O explorador do estabelecimento foi constituído arguido e o estabelecimento foi encerrado por ordem judicial”, refere o Comando Territorial de Braga da GNR, em comunicado.

Esta força de segurança explica que, no âmbito de uma investigação de lenocínio, os militares “encetaram diligências policiais que culminaram no cumprimento de sete mandados de busca: uma domiciliária, quatro em veículos e duas em estabelecimentos”.

Durante a operação, realizada no sábado, a GNR apreendeu 50 cartões com registo de consumo no estabelecimento e 3.743 euros em dinheiro.

Os factos foram comunicados ao Tribunal Judicial de Vieira do Minho.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.