De acordo com o major Marco Cruz, Relações Públicas da GNR, estão no terreno elementos da componente territorial e de trânsito e ainda militares da unidade de intervenção e da investigação criminal.

“Continuamos a realizar ações no terreno no sentido de localizar o paradeiro do indivíduo. A viatura foi encontrada na segunda-feira e desde essa altura estamos a concentrar as ações naquele lugar (Carro Queimado, localidade de Vila Real), mas também em outras zonas”, disse o responsável.

Um homem suspeito de matar um militar e um civil, além de ter causado ferimentos a outras três pessoas, dois deles também militares da GNR, tem sido procurado pela GNR e pela Polícia Judiciária desde o dia 11.

O homem terá sido já localizado em Arouca, de onde será natural, e em S. Pedro do Sul.

No domingo, uma patrulha da GNR também o terá localizado em Vila Real, mas o homem acabou por conseguir novamente fugir.

Também no domingo, o suspeito terá sequestrado duas pessoas e roubado um carro em Arouca, viatura que foi encontrada na segunda-feira na aldeia de Carro Queimado.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.