Trata-se da 4.ª de seis fases da Operação “Hermes – Viajar em Segurança” que incidirá também sobre os trajetos para eventos próprios desta altura do ano.

Os militares da GNR estarão particularmente atentos aos comportamentos de risco na estrada, nomeadamente condução sob o efeito do álcool e de substâncias psicotrópicas, condução sem habilitação legal, excesso de velocidade, incorreta ou não utilização do cinto de segurança e/ou sistemas de retenção de crianças, utilização indevida do telemóvel, manobras perigosas de ultrapassagem, mudança de direção, inversão do sentido da marcha, cedência de passagem, distância de segurança e não circulação na via mais à direita.

Na 3ª fase da operação, que decorreu entre 28 e 30 de julho, foram registados 694 acidentes, três mortos e 20 feridos graves, detidos 158 condutores, a maioria (120) por condução com taxa de álcool no sangue igual ou superior a 1,2 gramas por litro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.