A autarquia de Gondomar, no distrito do Porto, vai lançar concurso até ao final do ano para a construção dos troços um, dois e cinco, ficando “para o futuro” os troços três e quatro, conforme descreveu o presidente da câmara.

“Trata-se de uma obra prevista há mais de 30 anos e que é uma via estruturante para o trânsito, servindo como uma espécie de circular externa às freguesias de Baguim do Monte e Rio Tinto, descongestionando o tráfego na zona interior das mesmas”, disse, à agência Lusa, Marco Martins.

Em causa estão vias municipais que estão em projeto, sendo que alguns dos troços integram o projeto conhecido como Via Norte/Sul e outros a Via Nordeste.

“E, além de mais tarde partirmos para os restantes troços, também no futuro far-se-á uma ligação da Via Nordeste ao nó da A4 em Ermesinde [concelho de Valongo]. Avançamos com estes [troços um, dois e cinco] porque são mais urgentes para descomplicar o trânsito no centro de Baguim do Monte e Rio Tinto”, descreveu Marco Martins.

Estas intervenções terão financiamento comunitário através do Portugal 2020 de cerca de 30% do valor da obra, enquanto a autarquia pagará 70%.

O troço um, com uma extensão de 450 metros, custará cerca de 866 mil euros.

Já o troço dois tem um custo previsto de 831 mil euros e uma extensão de 385 metros.

Por sua vez, o troço cinco terá mais de dois quilómetros e um custo superior a 4,5 milhões de euros.

A estes valores, frisou Marco Martins, acrescem cerca de dois milhões para compra de terrenos.

“Entretanto, foi já decretada a utilidade pública, tendo a Câmara de Gondomar adquirido por acordo amigável mais de 75% das parcelas de terreno e tomado posse administrativa das restantes”, acrescentou o autarca.

Marco Martins apontou que as duas vias – a Norte/Sul e a Nordeste – têm projeto de execução aprovado, estando em fase de revisão.

“Espero que no primeiro semestre de 2021 estas fases estejam concluídas”, concluiu o autarca.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.