A aquisição das “35 viaturas táticas médias blindadas e 12 viaturas táticas médias não blindadas, para reforçar o Sistema de Informação e Comunicações Tático do Exército” será efetuado através das estruturas da Aliança Atlântica.

“As viaturas 4x4 Porta Shelter SIC-T (blindadas e não blindadas) foram identificadas como necessárias para a edificação da capacidade de comando e controlo terrestre” a fim de melhorar a “mobilidade tática” e a sua compra estava prevista na Lei de Programação Militar, acrescenta o mesmo comunicado.

O ministro da Defesa Nacional delegou no Chefe do Estado-Maior do Exército, general Rovisco Duarte, “a competência para conduzir, em representação do Estado Português, o acordo que titulará as condições técnicas e financeiras da prestação de serviços”, lê-se ainda no texto do ministério.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.