Em comunicado, o sindicato pede que a nova titular da pasta da Saúde "consiga finalizar" o que o seu antecessor, Adalberto Campos Fernandes, "não quis ou não soube concretizar", como a revisão das tabelas remuneratórias e a abertura de concursos para a categoria de enfermeiro especialista.

O primeiro-ministro, António Costa, propôs hoje a nomeação de Marta Temido para nova ministra da Saúde, em substituição de Adalberto Campos Fernandes, o que foi aceite pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

Marta Temido, que é empossada no cargo na segunda-feira, era atualmente subdiretora do Instituto de Higiene e Medicina Tropical e presidente não executiva do conselho de administração do Hospital da Cruz Vermelha Portuguesa.

Entre 2016 e 2017, foi presidente do conselho diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.