“O Governo já definiu uma estratégia de combate ao desperdício alimentar para a qual irá ser criada uma comissão nacional de combate a esse mesmo desperdício, que irá ter uma abrangência de vários ministérios, vai envolver 10 ministérios e várias unidades da sociedade civil, que, além da estratégia que vai definir, irá apresentar um plano de ação com objetivos muito concretos até ao final de 2016”, afirmou o governante.

Luís Medeiros Vieira falava hoje durante uma breve intervenção na apresentação de uma campanha de combate ao desperdício alimentar pela Câmara Municipal de Lisboa.

O secretário de Estado responsável pela Alimentação assegurou que o Governo “está totalmente empenhado em colaborar com as várias entidades da sociedade civil que têm feito um trabalho notável” para minimizar este “problema de fundo que afeta todos”.

“Espero que no final do ano possamos ter já elaborada esta estratégia, com o plano de ação definido, e ouvir também os vários intervenientes que irão, a partir daí, desenvolver todo o trabalho. E iremos dar visibilidade e informar a sociedade sobre esse grande trabalho”, acrescentou.

A Assembleia a República decretou 2016 como o Ano Nacional do Combate ao Desperdício Alimentar.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura (FAO), um terço dos alimentos é desperdiçado a nível mundial.

O responsável pela FAO em Portugal, Hélder Muteia, destacou hoje que este é um problema que atinge quer os países desenvolvidos, quer os não desenvolvidos: nos desenvolvidos o desperdício é sobretudo por excedente de alimentos e nos não desenvolvidos por falta de condições de acondicionamento.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.