Segundo disse hoje à Lusa o presidente da comissão parlamentar, José Maria Cardoso, "houve recetividade" por parte dos representantes da ativista ao convite feito pelos deputados, pelo que Greta Thunberg deverá estar no parlamento "entre o final deste mês e os primeiros dias de dezembro".

Há uma semana, os deputados da comissão parlamentar de Ambiente aprovaram, por unanimidade, a proposta para a vinda da ativista sueca Greta Thunberg a Portugal.

A proposta, apresentada pelo presidente da Comissão de Ambiente, teve aprovação unânime dos deputados e foi aceite pelo presidente da Assembleia da República, Ferro Rodrigues, disse José Maria Cardoso.

O deputado do BE que preside à comissão explicou que "a sessão não tem data em concreto" devido a "condicionalismos" relacionados com o meio de transporte da ativista, que se desloca de veleiro.

Em setembro de 2018, Greta Thunberg iniciou uma greve escolar em frente ao parlamento sueco para exigir medidas contra as alterações climáticas, que inspiraram um movimento global e levaram-na a ser recebida pelos líderes mundiais e a participar de conferências de alto nível.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.