"Ao longo dos últimos meses, a Austrália foi atingida por um conjunto de fogos devastadores que colocam em grande perigo todo o conjunto de flora e fauna da região. Numa altura em que os incêndios acalmaram e os investigadores começam a avaliar os estragos e a agir pela salvaguarda dos animais sobreviventes, o Jardim Zoológico comunica o nascimento de uma cria de Koala (Phascolarctos cinereus), no âmbito do programa de reprodução da espécie", pode ler-se no comunicado divulgado.

Nascida a 25 de julho de 2019, após uma gestação de cerca de um mês, a pequena cria, com menos de 20 mm de comprimento e 0,5g de peso, migrou para a bolsa marsupial da sua progenitora, na qual permaneceu durante cerca de 7 meses. Hoje, com pouco menos de 7 meses de vida, é possível observá-la tanto no marsúpio como no colo da mãe.

Num vídeo publicado, o Jardim Zoológico de Lisboa mostra o animal e dá algumas informações sobre a importância de preservar a espécie. Na mesma publicação, a equipa de investigadores de campo pela voz da Dra. Kellie Leigh, descreve "um ambiente de total devastação, com cerca de 80% da área de Património Mundial ardida" na Austrália.

Neste momento, um dos grandes problemas do país é o facto de existirem poucas áreas de refúgio para receber os animais que foram desalojados nas áreas afetadas e ainda não se terem conseguido resgatar todos os espécimes. Contudo, "apesar de toda a destruição causada, os investigadores acreditam que há esperança e apostam no trabalho de cães treinados para o resgate dos animais sobreviventes".

Para ajudar à recuperação, o Zoo informa que é possível contribuir  através de "donativo direto no site de angariação de fundos criado pelo Zoo de San Diego, ou, até ao final do mês de março, num dos três mealheiros espalhados pelo Jardim Zoológico, estando agora um deles localizado na loja do Zoo, na zona de acesso livre".

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.