"Ele já voltou atrás (...) Aquilo foi no calor da disputa (...) perdeu, perdeu", disse o general ao ser questionado por jornalistas sobre as declarações de Bolsonaro na última sexta-feira, quando o candidato disse que não aceitaria a derrota se perdesse a eleição presidencial.

Bolsonaro, de 63 anos, lidera as sondagens para as eleições presidenciais do Brasil, com 28% das intenções de voto.

No último fim de semana, a candidatura de Bolsonaro motivou grandes protestos no Brasil, com manifestações organizadas por mulheres contra o candidato e também atos de defesa realizados por seus apoiantes, em dezenas de cidades.

O candidato deixou o hospital Albert Einstein, em São Paulo, no último sábado, onde estava internado desde 07 de setembro, após ter sofrido um ataque e ser esfaqueado durante um comício na cidade brasileira de Juiz de Fora.

A primeira volta das eleições presidenciais do Brasil acontece em 7 de outubro.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.