Esta operação é a segunda maior do tipo realizada na Alemanha e afetará cerca de um décimo da população da cidade. Os edifícios a serem evacuados incluem sete lares, uma clínica e uma fábrica de pneus, segundo a BBC.

As pessoas serão retiradas dos locais às 9h de domingo e as autoridades recomendaram que todos os dispositivos elétricos e o gás sejam desligados.

Para permitir que as pessoas tenham uma rotina o mais normal possível, a cidade criou um programa cultural - com visitas a museus e filmes para crianças - e desportivo.

De acordo com a agência noticiosa alemã DPA, estão a ser preparadas porções de sopa para as pessoas que vão ser retiradas das suas casas devido a esta operação.

Outras bombas da II Guerra Mundial descobertas em solo alemão

Maio de 2015: 20 mil pessoas tiveram de deixar as suas casas em Colónia, devido à descoberta de uma bomba com uma tonelada.

Janeiro de 2014: Um trabalhador da construção civil morreu devido à explosão de uma bomba não explodida enterrada em Euskirchen.

Dezembro de 2011: 45 mil pessoas tiveram de ser retiradas de casa depois de serem encontradas duas bombas no leito do Reno. Só puderam voltar três horas depois.

Junho de 2010: Três elementos da equipa de eliminação de bombas morreram em Goettingen, durante a operação para retirar uma bomba encontrada num local de construção.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.