Foto: ANSA (DR)

O helicóptero terá caído de uma altura de 600 metros quando sobrevoava uma zona de intenso nevoeiro, avança a agência italiana RAI. A equipa prestava socorro a um acidente numa estância de esqui em Campo Felici, província italiana de L'Aquila.

A bordo seguiam seis pessoas, as autoridades italianas confirmaram que nenhum dos ocupantes do helicóptero sobreviveu.

Campo Felice fica perto do epicentro dos recentes sismos e da avalanche na semana passada. As autoridades já estão a investigar o acidente que, segundo os media italianos, não está associado às operações de busca de vítimas e sobreviventes dos escombros do hotel Rigopiano, atingido por uma avalanche na passada quarta-feira, 18 de janeiro, em Abruzzo. A polícia realçou que não há qualquer ligação deste acidente com a recente atividade sísmica ou com a avalanche.

Ainda não são conhecidos os contornos do acidente, no entanto, testemunhas no local dizem ter ouvido um grande estrondo na altura do desastre. O helicóptero, a aeronave 139 Aw, terá enviado um sinal de alarme quando sobrevoava a cidade de Casamaina, no município de Lucoli, perto da zona do acidente.

As condições climáticas adversas e o local da queda, de difícil acesso, complicaram o acesso e as operações de resgate.

“A área onde [o helicóptero] caiu é de difícil acesso mesmo com o melhor tempo. O forte nevoeiro está a tornar tudo ainda mais difícil”, disse à agência France Presse um porta-voz da polícia. “Várias equipas estão a tentar chegar ao local”, acrescentou.

[Atualizado às 14h31]

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.