Segundo a fonte, o acidente deu-se pelas 02:00, quando a viatura dos bombeiros, caracterizada, embateu contra outro veículo, tendo o homem sido “retido” por populares, até à chegada da GNR.

“Quando contactámos os Bombeiros Voluntários de Braga, estes ainda não tinham dado pela falta da viatura”, acrescentou.

O homem, com última residência conhecida num acampamento em Amares, não tem carta de condução.

Foi detido e vai ser levado a tribunal.

Contactado pela Lusa, o comandante interino dos Bombeiros Voluntários de Braga, Pedro Ribeiro, disse que o jipe furtado tinha a chave na ignição.

Explicou que, por falta de espaço no quartel, uma boa parte das viaturas fica na rua.

“No quartel, só temos espaço para os veículos de combate a incêndios e para duas ambulâncias de socorro. No exterior, ficam o jipe de comando e 14 ambulâncias”, referiu.

Adiantou que já se têm registado “toques” nos veículos e vidros abertos, mas furtos de viaturas “foi a primeira vez”.

A viatura já foi entregue aos bombeiros, apresentando “alguns danos”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.