“Face ao elevado número de utentes, quer com covid-19 positivo, quer em isolamento profilático, no Serviço de Medicina Interna e na Unidade de Internamento de Curta Duração (UICD) do Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira (HABLO) e no Serviço de Medicina Interna no Hospital Distrital de Pombal (HDP), o Conselho de Administração do Centro Hospitalar de Leiria (CHL) decidiu manter a suspensão das visitas por acompanhante/cuidador nos serviços referidos até, previsivelmente, ao dia 13 de fevereiro”, foi hoje anunciado.

O CHL adianta em comunicado que “as informações médicas referentes a doentes internados no Serviço de Medicina Interna e na UICD do HABLO e no Serviço de Medicina Interna no HDP deverão ser prestadas exclusivamente ao acompanhante/cuidador através de contacto telefónico”.

Segundo a fonte, nos restantes serviços do CHL será retomada a entrada de acompanhante/cuidador/visita a partir de segunda-feira.

O CHL lembra aos visitantes e acompanhantes de doentes “que se mantém a apresentação obrigatória do resultado negativo do teste à covid-19, ou o certificado digital de recuperação”.

“Apenas é dispensada a apresentação de teste à covid-19 com resultado negativo aos visitantes e acompanhantes de doentes internados que comprovem terem sido vacinados, há pelo menos 14 dias, com uma dose de reforço contra a covid-19”, esclarece.

De acordo com o comunicado, à equipa de vigilantes “deve ser apresentado o resultado negativo de um Teste Rápido de Antigénio (TRag), realizado até 24 horas antes, de um TRag em modalidade autoteste devidamente certificado por um profissional de saúde, realizado até 24 horas antes, ou de um teste PCR, realizado até 72 horas antes da visita, ou ainda o certificado digital de recuperação”.

Caso não seja possível apresentar o resultado negativo do teste à covid-19, o CHL possibilita a supervisão para TRag na modalidade de autoteste, de segunda-feira a domingo, por ordem de chegada, mas o mesmo só será válido para o próprio dia.

“O Hospital de Santo André (HSA), em Leiria, possibilita o autoteste supervisionado entre as 13:00 e as 15:00, até ao limite de 20 pessoas durante esse horário”, acrescenta.

No caso da Unidade de Internamento de Doentes em Evolução Prolongada de Psiquiatria (UIDEPP), as visitas que pretendam fazer um autoteste supervisionado deverão dirigir-se ao HSA.

Segundo a nota, o Hospital Distrital de Pombal e o Hospital de Alcobaça Bernardino Lopes de Oliveira possibilitam a supervisão de autotestes entre as 13:30 e as 14:30, até ao limite de 10 pessoas.

O Conselho de Administração do CHL esclarece que as medidas agora anunciadas “serão atualizadas sempre que as circunstâncias o justifiquem”.

A covid-19 provocou pelo menos 5.710.711 de mortes em todo o mundo desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 20.127 pessoas e foram contabilizados 2.843.029 casos de infeção, segundo a última atualização da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

A variante Ómicron, que se dissemina e sofre mutações rapidamente, tornou-se dominante no mundo desde que foi detetada pela primeira vez, em novembro, na África do Sul.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.