Uma jovem portuguesa morreu e um outro aluno do secundário ficou gravemente ferido na sequência de um acidente de viação na Hungria, confirmou o secretário de Estado das Comunidades.

“Queria confirmar o falecimento de uma portuguesa e um outro ferido em estado grave no seguimento de um acidente grave, a cerca de 70 km da cidade de Budapeste”, avançou José Luís Carneiro em declarações à Lusa.

O secretário de Estado afirmou ainda que a embaixadora portuguesa na Hungria está já a acompanhar de perto o assunto.

“A nossa embaixadora já está a desenvolver todas as diligências com as autoridades” para garantir apoio “quer em relação à família da [jovem] que acaba de falecer, mas também em relação [ao rapaz] que está hospitalizado com ferimentos graves”, afirmou.

De acordo com o secretário de Estado, a embaixada foi informada pela polícia local às 08:30 de hoje, sendo que o acidente aconteceu cerca das 04:00.

créditos: EPA/Zoltan Mihadak HUNGARY OUT

Ao jornal Sul Informação, o diretor do agrupamento de Escolas Pinheiro e Rosa confirmou que a vítima mortal é uma aluna deste estabelecimento e que o jovem ferido é também um estudante algarvio.

Em declarações à RTP Francisco Soares, diretor da escola, muito emocionado, reiterou também estas informações. Segundo o responsável, os alunos estavam com outros quatro colegas e dois professores num intercâmbio ao abrigo do programa Erasmus+: Comenius, e encontravam-se fora há cerca de uma semana.

As primeiras informações davam conta  de que a vítima mortal teria 16 anos, mas o diretor informa que a jovem tinha 15 anos.

O jovem que ficou ferido está "livre de perigo", adiantou. Em declarações à Lusa, o chefe de gabinete do presidente da Câmara de Faro, Henrique Gomes, informou que o rapaz, também aluno do 10.º ano da Escola Secundária Pinheiro e Rosa, sofreu uma fratura na clavícula e se mantém internado numa unidade de saúde local.

Na 'minivan' que os transportava seguiam ao todo 6 estudantes e duas professoras, tendo todos sido transportados para o hospital Cegléd.

O veículo que transportava os estudantes embateu num camião quando estava a caminho do aeroporto de Budapeste.

O secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, em declarações à RTP, começou por endereçar condolências por parte do governo à família.

Os outros alunos e professores portugueses envolvidos no acidente já tiveram alta e estão a ser acompanhados pela embaixadora portuguesa na Hungria, adiantou.

Nesta fase, diz José Luís Carneiro, a prioridade é apoiar estes portugueses no seu regresso ao país e manter o contacto com as autoridades judiciárias da Hungria com vista à transladação da vítima mortal.

Devido ao sucedido, todas as atividades letivas nos estabelecimentos escolares que pertencem ao Agrupamento de Pinheiro e Rosa estão interrompidas até segunda-feira e os serviços da autarquia estão a acompanhar de perto toda a situação, quer junto da família, quer junto do estabelecimento escolar, quer junto da Secretaria de Estado das Comunidades, referiu Henrique Gomes.

Ministério da Educação lamenta acidente na Hungria e diz que já foi disponibilizado apoio

O Ministério da Educação lamentou hoje o acidente na Hungria com um autocarro de uma escola de Faro, que provocou a morte de uma aluna e ferimentos num estudante, adiantando que foi já disponibilizado apoio.

Numa nota à imprensa, o Ministério adianta ter sido já disponibilizado apoio psicológico às famílias dos estudantes, bem como à comunidade escolar em geral.

“A Embaixada Portuguesa na Hungria está a desenvolver as diligências necessárias junto das autoridades daquele país, estando a acompanhar os alunos e professores envolvidos no acidente”, lê-se no documento.

Os responsáveis do Ministério da Educação estão “em contacto próximo” com a direção da Escola, com a Câmara Municipal de Faro e com a Embaixada Portuguesa para que, em conjunto, seja feito o acompanhamento de toda a situação e das necessárias diligências, de acordo com a mesma fonte

O Ministério da Educação endereça “as mais sentidas condolências à família e a toda a comunidade educativa”.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.