O fogo, que já foi dado como extinto, teve origem no primeiro andar de um prédio de quatro, no número 203 daquela rua, do qual foram resgatadas duas pessoas com recurso a uma autoescada.

Todo o edifício foi evacuado, frisou a fonte contactada pela Lusa, sem saber precisar quantas pessoas tiveram, no total, de abandonar o edifício.

Segundo o Comando Distrital de Operações de Socorro do Porto (CDOS) não há quaisquer vítimas ou feridos a registar, informação confirmada pelos Batalhão de Bombeiros Sapadores do Porto.

Pouco antes da meia-noite continuavam a decorrer as operações de "desenfumagem e rescaldo" do incêndio que mobilizou quatro viaturas e 13 operacionais dos Sapadores do Porto, além de vários elementos da Polícia de Segurança Pública e da Polícia Municipal.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.