Num curto comunicado, a Câmara diz que, “neste momento, o Centro de Saúde de Vagos encontra-se aberto para receber as pessoas que eventualmente necessitem de receber tratamento médico, devido aos vários focos de incêndio que estão a afetar o concelho de Vagos”.

O município de Vagos também disponibilizou o pavilhão municipal e a Santa Casa da Misericórdia para receber eventuais desalojados na sequência dos incêndios que atingem a região.

Numa nota publicada na página do município na rede social Facebook, lê-se que está igualmente criada uma linha de apoio, através do número 234799600.

“Quem necessitar de reportar alguma situação de emergência para evacuação deve utilizar esta linha de apoio”, lê-se na nota.

A população, aconselha a autarquia, deve evitar situações que coloquem a sua vida em risco.

Um dos incêndios que atingem o concelho já está em fase de resolução, mas ainda obriga à presença de quase 80 bombeiros.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.