Estas posições foram aprovadas numa reunião do Conselho Nacional do PEV, hoje, em Setúbal, e na qual também se manifestam críticos quanto à dispensa do estudo de impacte ambiental da prospeção de petróleo ao largo de Aljezur, no Algarve.

Ainda sobre os incêndios, os Verdes pedem ainda a “conclusão do projeto piloto do cadastro simplificado que deveria ser expandido a todo o país, bem como a recuperação das segundas habitações que continua sem apoios”, lê-se no comunicado divulgado pelo PEV.

Os Verdes reforçam também o pedido de urgência para as “medidas com vista à recuperação das áreas afetadas pelos incêndios de 2017″, assim como “uma mudança ao nível do ordenamento e gestão do território que tem de passar por uma clara aposta na agricultura familiar e por uma floresta resiliente baseada na diversidade de espécies autóctone”.

O PEV tem dois deputados à Assembleia da República, eleitos na Coligação Democrática Unitária (CDU), que integra o PCP e membros da associação Intervenção Democrática (ID).

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.