O incidente ocorreu pouco depois das 23:00 (03:00 de sexta-feira em Lisboa) num armazém da FedEx perto do aeroporto de Indianápolis onde trabalham 4.500 pessoas.

“Temos várias pessoas com ferimentos de bala”, disse antes aos jornalistas a porta-voz da polícia de Indianápolis, Genae Cook, acrescentando que várias vítimas, com ferimentos de bala, foram transportadas para hospitais.

O atirador, que agiu sozinho, ter-se-á suicidado, avançou a mesma fonte.

Em comunicado, citado pelo britânico The Guardian, a FedEx refere-se a um "trágico tiroteio" nas instalações da empresa. "A segurança é a nossa maior prioridade e os nossos pensamentos estão com todos aqueles que foram afetados", acrescentam.

A empresa refere ainda que está a tentar reunir mais informação e a colaborar com as autoridades.

[Notícia atualizada às 08h25]

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.