Na estimativa rápida publicada em 29 de maio, o INE tinha estimado um recuo de 97,1% nos hóspedes em alojamento turístico (hotelaria, alojamento local com 10 ou mais camas e turismo no espaço rural/de habitação) e de 96,7% das dormidas em abril face ao mês homólogo do ano passado.

“A informação deste destaque, respeitante a abril, reflete efeitos da pandemia covid-19, quer no comportamento da atividade turística, quer na quantidade de informação primária disponível para a compilação dos resultados apresentados”, refere.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.