A instabilidade prevista para as regiões do Norte e centro levou inicialmente o IPMA a emitir um aviso amarelo, que se transformou mais tarde em laranja devido às chuvas fortes, verificando-se ainda trovoadas com queda de granizo e de saraiva (acima de cinco milímetros de diâmetro). Autarcas locais relataram danos avultados no concelho de Mogadouro, sobretudo para a agricultura.

Um fenómeno que não era totalmente inesperado e está a ser provocado por uma depressão que se encontra sobre Portugal Continental.

“Não é uma situação que esteja desenquadrada desta época, embora não se possa dizer que aconteça muitas vezes. É normal na Primavera e início de Verão”, adiantou à Lusa o meteorologista do IPMA Bruno Café.

Para domingo “também há instabilidade prevista, mas já não terá a intensidade do dia de hoje, pois a depressão que se encontra sobre Portugal Continental irá gradualmente deslocar-se para leste, mais para o interior da Península Ibérica” pelo que a possibilidade de ocorrência de aguaceiros é bastante inferior.

A influência do anticiclone que está situado na região dos Açores vai também sentir-se mais, provocando alguns períodos de nebulosidade durante a manhã que podem persistir na costa ocidental, sobretudo na faixa litoral da região centro, acompanhada de uma intensificação do vento, com a nortada a fazer-se sentir principalmente durante a tarde, prevê Bruno Café.

Também não estão previstas descidas nem subidas acentuadas das temperaturas nos próximos dias.

Newsletter

As notí­cias não escolhem hora, mas o seu tempo é precioso. O SAPO 24 leva ao seu email a informação que realmente importa comentada pelos nossos cronistas.

Notificações

Porque as noticias não escolhem hora e o seu tempo é precioso.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.