Isabel dos Santos não olha a despesas para pagar avultadas quantias de dinheiro às suas equipas de advogados, no âmbito de vários processos relacionados com o escândalo Luanda Leaks, e esta sexta-feira o jornal Expresso revela que a filha do antigo líder angolano José Eduardo dos Santos paga as remunerações desses causídicos com dinheiro da venda de diamantes.

De acordo com uma investigação do Expresso e de um outro jornal dos Países Baixos, e com alguns documentos a que tiveram acesso a comprová-lo, parte do dinheiro com que Isabel dos Santos paga os elevados salários a alguns dos advogados vem de uma empresa no Dubai, a Nemesis, que foi criada para "comprar diamantes a baixo preço ao Estado angolano e revendê-los no mercado internacional".

Este estratagema visa contornar o facto de Isabel dos Santos, que já foi considerada a mulher mais rica no continente africano, ter ficado sem acesso a contas bancárias em Portugal e nos Países Baixos, devido aos processos judiciais em curso.

"Novos documentos a que o Expresso e a SIC tiveram acesso, numa investigação feita em parceria com o jornal holandês “NRC”, mostram que pelo menos parte do dinheiro com que Isabel dos Santos tem pago aos advogados vem de uma companhia no Dubai, a Nemesis International DMCC, criada para comprar diamantes a baixo preço ao Estado angolano e revendê-los no mercado internacional", lê-se na reportagem.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.