O major-general Amikam Norkin afirmou que acredita que esta foi a primeira vez que o caça foi utilizado no Médio Oriente e que a Força Aérea ainda está a tentar perceber “todo o enorme potencial” da nova aeronave.

Num vídeo divulgado pelo Exército, Amikam Norkin aponta para uma foto que diz ser do F-35 “sobre Beirute”, mas não especificou quando ocorreu a missão e qual o alvo, apesar de a Síria e o Irão acusarem Israel de vários ataques aéreos em solo sírio.

No dia 10 de maio passado, Israel admitiu ter atacado uma série de alvos iranianos na Síria, em resposta a um ataque com mísseis do Irão, efetuado a partir do país vizinho.

Israel tem afirmado que não permitirá que o Irão estabeleça uma presença militar permanente na Síria, salientando que teme que seja utilizado território sírio para lançar ataques contra Israel.

Israel foi um dos primeiros países a adquirir o avião de guerra fabricado nos EUA em 2016. A tecnologia avançada ‘stealth’ do caça F-35 permite escapar aos sistemas antiaéreos sofisticados, de acordo com o fabricante de armas Lockheed Martin.

Porque o seu tempo é precioso.

Subscreva a newsletter do SAPO 24.

Porque as notícias não escolhem hora.

Ative as notificações do SAPO 24.

Saiba sempre do que se fala.

Siga o SAPO 24 nas redes sociais. Use a #SAPO24 nas suas publicações.